JOVEM APRENDIZ 2020 [INSCREVA-SE]

Jovem Aprendiz 2020. O programa Jovem Aprendiz foi instituído de acordo com a Lei nº 10.097/2000, regulamentada pelo Decreto nº 5.598/2005.

Este Programa beneficia milhares de jovens todos os anos, pois as empresas são obrigadas a contratar a ter jovens dentre o número de funcionários. Sem dúvida o programa é de extrema importância, pois não apenas qualifica os jovens, como dá emprego.

Mas você sabe como pode concorrer a uma das vagas? Então Confira como participar:

IMPORTANTE! O programa é totalmente GRÁTIS, ou seja,  o jovem não tem que pagar qualquer valor para participar. Se alguma empresa ou curso te ligar oferecendo emprego mediante pagamento, É GOLPE.

  1. Quanto ganha o Jovem Aprendiz 2019?

    Salário Jovem Aprendiz

    Salário Jovem Aprendiz

    O salário médio é de R$ 782/mensal. O salário pode variar de R$ 378 a R$ 1045. Esta estimativa salarial tem base em 7162 salário(s) postados por jovens em pesquisa realizada do site Love Mondays.

  2. Quem pode se inscrever no Jovem Aprendiz 2020?

    Pode se inscrever no programa todo jovem que atenda os requisitos mínimos do programa. São eles:  Ter idade entre 14 e 24 Anos;
    Estar estudando, cursando: Ensino fundamental, Ensino Médio ou Ensino superior
    Fica a cargo da empresa definir o Nível de escolaridade do Jovem Aprendiz que ela deseja contratar.
    Se o jovem não terminou o ensino médio e resolveu parar de estudar, não poderá participar do programa.

  3. Benefícios e carga horária do Jovem Aprendiz

    O Jovem Aprendiz segue a forma de contratação CLT e os benefícios oferecidos ao jovem, são os mesmos destinados aos demais colaboradores da empresa contratada:
    Vale Transporte, Auxílio Alimentação, Férias, entre outros

  4. Como fazer Inscrição no Jovem Aprendiz?

    Como Fazer Inscrição no Jovem Aprendiz

    Como Fazer Inscrição no Jovem Aprendiz

    Este ano deve bater recorde de inscrições jovem aprendiz, por isso não perca tempo. Gostou do programa e deseja participar? Então chegou a hora de fazer sua inscrição no Jovem Aprendiz 2020.

Fazer Inscrição no Jovem Aprendiz

Fazer Inscrição no Jovem Aprendiz

Dúvidas Diversas: Confira abaixo algumas das dúvidas frequentes sobre o programa Jovem Aprendiz.

Qual a forma de Contratação do Jovem Aprendiz?

A contratação de Aprendizes deve ser feita diretamente pela empresa, onde o jovem realizará a Aprendizagem prática ou por entidade parceira, que disponibilizará o curso de Aprendizagem (parte teórica). (artes. 430 e 431 da CLT).

O Aprendiz tem direito ao vale-transporte?

Sim, é oferecido o vale-transporte para o deslocamento residência/atividades teóricas e práticas (art. 27 do Decreto nº 5.598/05).

Qual é a jornada de trabalho permitida para o Aprendiz?

  • 6 horas diárias, no máximo, para os que ainda não concluíram o ensino fundamental, computadas as horas destinadas às atividades teóricas e práticas (art. 432, caput, da CLT);
  • 8 horas diárias, no máximo, para os que concluíram o ensino fundamental, computadas as horas destinadas às atividades teóricas e práticas, ou seja, 6 horas de Aprendizagem prática e 2 de Aprendizagem teórica, por dia. (art. 432, § 1º. da CLT)

O Jovem Aprendiz pode realizar tarefas do programa de Aprendizagem em casa?

Não. A formação profissional do programa de Aprendizagem se caracteriza por atividades teóricas e práticas, organizadas em tarefas de complexidade progressiva, desenvolvidas no ambiente de trabalho.
A duração do trabalho do Aprendiz não excederá seis horas diárias, e não é permitida a prorrogação e a compensação de jornada. (artigo 432 da CLT)

O jovem pode desenvolver atividade prática no feriado?

Não é permitido que o Aprendiz realize horas extras ou compensação de horário de trabalho e trabalhe durante feriados. (Art. 432)

É possível reduzir a jornada de Aprendizagem e o salário, proporcionalmente?

  • Não existe a possibilidade de reduzir o salário do Aprendiz, em caso de diminuição de sua jornada de trabalho.
  • O salário do Aprendiz é considerado fonte de sobrevivência para o trabalhador e, muitas vezes, para sua família. Por esta razão, a redução salarial e descontos não autorizados, são proibidos por lei. (artigo 7.º da Constituição Federal) ( artigos 462 e 468)( Art. 462) (Art. 468)

O Aprendiz com idade inferior a 18 anos pode trabalhar em horário noturno?

Não, a legislação proíbe ao menor de 18 anos o trabalho noturno (das 22 horas de um dia e às 5 horas do dia seguinte, art. 404 da CLT).

Quais descontos são permitidos no salário do Jovem Aprendiz 2019?

De acordo com a CLT, apenas são permitidos descontos legais no salário dos Aprendizes, ou seja, nenhum outro desconto será feito. Abaixo seguem os descontos permitidos:

  • INSS – empregado 8%;
  • Falta injustificada;
  • Vale Transporte em até 6%, caso o Aprendiz opte por receber o benefício;
  • Participação em vale alimentação, refeição e convênio Médico e Ontológico, quando o Aprendiz concordar com tais descontos para receber os benefícios;
  • Desconto de adiantamentos resultantes de dispositivos de lei ou de contrato coletivo;
  • Descontos de Contribuições Sindicais.
    Os demais descontos são vedados, por lei.

O jovem pode ser desligado por faltas, mesmo que estas sejam justificadas?

Faltas comprovadamente justificadas não devem levar ao desligamento de Aprendizes nem advertências trabalhistas (que servem para orientar o Aprendiz). Porém as faltas sem justificativa podem ser advertidas e se reiteradas, conforme procedimento adotado pela área de acompanhamento podem levar ao desligamento do Aprendiz por inadaptação.

A Aprendiz tem direito de entrar mais tarde ou sair mais cedo de sua jornada de Aprendizagem, para amamentar seu filho?

A Jovem Aprendiz tem direito de entrar 1 hora mais tarde ou sair 1 hora mais cedo das atividades práticas e teóricas da Aprendizagem para amamentar seu filho até que este complete 6 meses de idade. (artigo 396 da CLT).

O Aprendiz tem direito de folgar se for convocado e trabalhar em dias de eleições?

Nos casos em que o Aprendiz, for convocado para trabalhar nas eleições, a lei prevê dois dias de folga para cada dia trabalhado nas eleições. (Lei 9.504/97).

Como fica o contrato do Jovem Aprendiz 2012 selecionado pelo serviço militar?

O afastamento do Aprendiz em serviço militar não constitui causa para rescisão do contrato. Pode ser feito um acordo entre o Aprendiz e a empresa, para o tempo de afastamento, que será computado na contagem do prazo restante para o término do contrato. Neste caso, a empresa deverá recolher o FGTS durante período de afastamento (art. 15, § 5º, da Lei nº 8.036/90) (art. 472, caput e § 2º, da CLT).

Essas informações foram retiradas do site do centro de aprendizagem Espro.

O que é um empréstimo pessoal? Aqui está um guia

O que é um empréstimo pessoal?

Simplificando, é um empréstimo não garantido tomado por indivíduos de um banco ou uma empresa financeira não bancária (NBFC) para atender às suas necessidades pessoais. Ele é fornecido com base em critérios-chave, como nível de renda, crédito e histórico de empregos, capacidade de pagamento, etc.

Ao contrário de uma casa ou um empréstimo de carro, um empréstimo pessoal não é garantido contra qualquer ativo. Como é inseguro e o mutuário não oferece garantias, como ouro ou propriedades, o credor, em caso de inadimplência, não pode leiloar nada que você possua. As taxas de juros dos empréstimos pessoais são mais altas do que as dos empréstimos em casa, carro ou ouro, devido ao maior risco percebido ao sancioná-los.

No entanto, como qualquer outro empréstimo, inadimplente em um empréstimo pessoal não é bom, pois seria refletir em seu relatório de crédito e causar problemas quando você solicitar cartões de crédito ou outros empréstimos no futuro.

Para que propósitos ele pode ser usado? </ strong>

Ele pode ser usado para qualquer necessidade financeira pessoal e o banco não irá monitorar seu uso. Pode ser utilizado para renovar a sua casa, despesas relacionadas com o casamento, férias em família, educação do seu filho, comprar os mais recentes aparelhos eletrónicos ou eletrodomésticos, cobrir despesas médicas inesperadas ou quaisquer outras emergências.

Empréstimos pessoais também são úteis quando se trata de investir em negócios, consertar seu carro, pagamento de uma nova casa, etc.

 

Critérios de elegibilidade </ strong>
Embora varie de banco para banco, os critérios gerais incluem sua idade, ocupação, renda, capacidade de pagar o empréstimo e o local de residência.

Para beneficiar de um empréstimo pessoal, você deve ter uma fonte de renda regular, se você é um indivíduo assalariado, pessoa de negócios independente ou um profissional. A elegibilidade de um indivíduo também é afetada pela empresa com a qual ele trabalha, seu histórico de crédito, etc.

Duração máxima do empréstimo </ strong>

Pode ser de 1 a 5 anos ou de 12 a 60 meses. Posições mais curtas ou mais longas podem ser permitidas caso a caso, mas é raro.

Desembolso do montante </ strong> do empréstimo

Normalmente, é desembolsado no prazo de 7 dias úteis do pedido de empréstimo ao credor. Uma vez aprovado, você pode receber um cheque de pagamento da conta igual ao valor do empréstimo ou depositar o dinheiro automaticamente em sua conta de poupança eletronicamente.

Quanto pode um emprestar ? </ strong>

Geralmente, depende da sua renda e varia de acordo com o fato de você ser assalariado ou autônomo. Normalmente, os bancos restringem o montante do empréstimo de tal forma que o seu EMI não é mais do que 40-50% da sua renda mensal.
Quaisquer empréstimos existentes que estão sendo atendidos pelo requerente também são considerados no cálculo do montante do empréstimo pessoal. Para os trabalhadores por conta própria, o valor do empréstimo é determinado com base no lucro obtido de acordo com a mais recente declaração de lucros / perdas reconhecida, tendo em conta quaisquer passivos adicionais (como empréstimos em curso para negócios, etc.) que ele possa ter .

Existe um valor mínimo de empréstimo? </ strong>

Sim, embora a quantidade exata varie de uma instituição para outra. A maioria dos credores definiu o valor mínimo do principal do seu empréstimo pessoal em Rs 30.000.

De que banco / instituição financeira alguém deveria pedir emprestado? </ strong>

É bom comparar as ofertas de vários bancos antes de se instalar em um. Alguns fatores-chave a serem considerados ao decidir sobre um provedor de empréstimo incluem taxas de juros, prazo do empréstimo, taxas de processamento, etc.

Como os bancos decidem sobre o valor máximo do empréstimo? </ strong>
Embora os critérios de sanção do empréstimo possam diferir de um banco para outro, alguns fatores-chave que determinam o valor máximo do empréstimo que pode ser sancionado a você incluem sua pontuação de crédito, o nível de renda atual e também o passivo. Uma alta pontuação de crédito (mais perto de 900) significa que você atendeu seus empréstimos anteriores e / ou dívidas de cartão de crédito corretamente, levando os credores a sentir que você é um devedor seguro, levando a um maior montante do empréstimo a ser sancionado.

Seu nível atual de renda e obrigações (dívidas pendentes de cartão de crédito, empréstimos não pagos, EMIs atuais, etc.) têm um impacto direto em sua capacidade de pagamento. Portanto, se você estiver em uma faixa de renda mais baixa ou tiver uma grande quantidade de contas de cartão de crédito não pagas ou EMI de empréstimos pendentes, será sancionado um valor de empréstimo pessoal menor do que aqueles com uma renda maior ou menos passivos financeiros.

Devo sempre procurar o menor IME possível ao escolher um provedor de empréstimos? </ strong>
As baixas ofertas de EMI geralmente podem resultar de um longo prazo de pagamento, uma baixa taxa de juros ou uma combinação dos dois fatores. Assim, às vezes, você pode acabar pagando mais juros para o seu credor, se você escolher baixas EMIs. Portanto, use ferramentas on-line, como a calculadora EMI de empréstimo pessoal, para descobrir o pagamento de juros sobre a duração do empréstimo e a capacidade de pagamento antes de atender a chamada.

Tarifas </ strong>
Por serem empréstimos não garantidos, os empréstimos pessoais têm uma taxa de juros mais alta do que aqueles dos empréstimos garantidos em “casa e carro”. Atualmente, muitos dos principais bancos e NBFCs oferecem esses empréstimos a taxas de juros tão baixas quanto 11,49%. No entanto, a alíquota aplicável a um tomador de empréstimo depende de fatores-chave, incluindo pontuação de crédito, nível de renda, valor e prazo do empréstimo, relação anterior (conta de poupança, empréstimos ou cartões de crédito) com o credor etc.

Custo adicional a pagar </ strong>

Sim. Além dos juros a pagar sobre o valor do principal, há uma taxa não reembolsável sobre a solicitação de um empréstimo pessoal. O credor cobra taxas de processamento, geralmente de 1-2% do principal do empréstimo, para cuidar de toda a documentação que precisa ser processada como parte do processo de inscrição. O credor pode renunciar a essa cobrança se você tiver uma associação de longo prazo com ele.

Taxas de juros fixas ou flutuantes </ strong>

Para um empréstimo pessoal de taxa fixa, os EMIs permanecem fixos. Taxa flutuante significa que as EMIs continuam decrescendo, pois segue o método do saldo redutor para calcular o pagamento de juros em um empréstimo pessoal. De acordo com as novas regras da Taxa de Empréstimo Baseada no Custo Marginal (MCLR), as taxas flutuantes podem ser alteradas semestralmente ou anualmente.

Diferença entre redução e taxa de juros fixa </ strong>
Como o nome indica, no primeiro, o mutuário paga juros apenas sobre o saldo do empréstimo em aberto, ou seja, o saldo que permanece pendente após ser reduzido pelo reembolso do principal. No cenário de taxa de juros fixa, o mutuário paga juros sobre todo o saldo do empréstimo durante todo o prazo do empréstimo. Assim, os juros a pagar não diminuem mesmo quando o mutuário faz pagamentos periódicos de EMI.

Posso candidatar-me em conjunto com o meu cônjuge? </ strong>

Sim, você pode solicitar um empréstimo pessoal (sozinho) ou junto com um co-solicitante (conjuntamente), que precisa ser um membro da família como seu cônjuge ou pais. Ter um co-mutuário significa que seu pedido de empréstimo será processado em uma faixa de renda mais alta, tornando-o elegível para um empréstimo maior. No entanto, tenha em mente que se você ou o co-requerente tiver um histórico de crédito ruim, as chances de sucesso do seu pedido de empréstimo podem ser baixas.

Empréstimo pré-pago </ strong>

Sim, no entanto, alguns bancos permitem que os mutuários paguem antecipadamente o empréstimo somente após determinado número de pagamentos. Alguns credores não permitem pré-pagamento parcial. Os encargos de pré-pagamento podem ser cobrados sobre o valor do empréstimo pendente.

Documentos importantes necessários ao solicitar um empréstimo </ strong>
Embora os requisitos de documentação variem de uma instituição financeira para outra, alguns documentos importantes que você precisará fornecer com seu pedido de empréstimo pessoal incluem:

* Prova de renda (recibos de salário para assalariado / recente ITR reconhecido por autônomo)

* Documentos de prova de endereço

* Documentos com prova de identidade

* Cópias autenticadas de diploma / licença (no caso de trabalhadores por conta própria)

 

Reembolsando o empréstimo </ strong>

Pode ser reembolsado sob a forma de EMIs através de cheques pré-datados (PDC) retirados a favor do banco ou pela liberação de um mandato que permita o pagamento através do sistema de serviços de compensação electrónica (ECS).

Encargos de pré-pagamento / encerramento </ strong>

Se você decidir pagar o seu empréstimo antes que o seu mandato termine, você será cobrado uma taxa adicional chamada pré-pagamento / execução de hipoteca / multa. Esta penalidade geralmente varia entre 1 e 2% do capital em dívida. Alguns bancos, no entanto, cobram uma quantia maior para fechar um empréstimo.

Diferença entre pagamento parcial, pré-pagamento e preclosure </ strong>

* Pagamento parcial: </ strong> Esse valor é menor que o valor total do principal do empréstimo e é feito antes do vencimento do valor do empréstimo.

* Pagamento antecipado: </ strong> Quando você paga seu empréstimo em parte antes que ele se torne devido conforme o cronograma da EMI. O valor do pré-pagamento pode ou não ser igual ao valor total devido. As taxas de pré-pagamento geralmente estão em 2-5% do valor do empréstimo pendente. Além disso, muitos bancos não permitem pré-pagamento / preclusão do empréstimo antes de um número específico de EMIs ter sido concluído.

* Preclosure: </ strong> Refere-se a pagar completamente um empréstimo pessoal antes que o mandato do empréstimo tenha terminado. Assim como a taxa de pré-pagamento, os encargos de pré-encerramento variam de 2 a 5% do valor do empréstimo.

Processo de aprovação de empréstimo </ strong>

A aprovação fica a critério do diretor de sanção cuja decisão é baseada nos critérios especificados pelo banco / instituição financeira. Todo o processo pode demorar entre 48 horas e cerca de duas semanas. Uma vez que todos os documentos necessários sejam submetidos e o processo de verificação seja concluído, o empréstimo, se sancionado, é desembolsado no prazo de sete dias úteis pelo banco. Mantenha todos os documentos necessários prontos junto com o PDC e / ou o formulário assinado do ECS para evitar atrasos no processamento e desembolso do empréstimo.

Padronização de EMIs agendados </ strong>

Se você perder suas EMIs programadas e não conseguir fazer pagamentos futuros, o credor primeiro tentará recuperar a quantia devida por meio de liquidações e agentes de recuperação. Se tais tentativas falharem e sua conta de empréstimo for marcada como padrão, o empréstimo aparecerá em seu relatório de crédito como padrão, afetando negativamente sua pontuação de crédito e dificultando a obtenção de aprovações de empréstimos e cartões de crédito no futuro.

Benefícios fiscais </ strong>
Embora os empréstimos pessoais geralmente não tenham benefícios fiscais, mas se você fizer um para renovações / adiantamentos, poderá se qualificar para a dedução de TI de acordo com a Seção 24. No entanto, esse benefício fiscal é limitado apenas aos juros, não ao principal. montante. Além disso, para reivindicar a dedução, você terá que fornecer recibos adequados.

Oferta de transferência de saldo </ strong>
Um credor, em alguns casos, permitirá que você transfira o saldo (valor ainda a ser pago) em seu empréstimo do credor atual para um novo. O novo credor irá pagar o saldo para o credor atual. No final do processo de transferência de saldo, você deve os novos pagamentos ao credor, acrescidos dos juros aplicáveis ​​que restam em seu empréstimo.

Uma transferência de saldo ajuda você a se beneficiar da menor taxa de juros oferecida pelo novo credor, no entanto, há alguns encargos, como taxa de transferência de saldo, encargos de pré-pagamento, etc., que podem ser aplicáveis.

Por que minhas EMIs iniciais têm pouco impacto sobre o montante principal devido? </ strong>
A maior parte dos seus EMIs iniciais é usada para pagar os juros devidos sobre o seu empréstimo. Esse processo é chamado de “carregamento frontal”, portanto, apenas uma pequena parte do principal é paga inicialmente. À medida que você avança com seus EMIs, essas pequenas diminuições no valor principal se somam, levando a uma diminuição nos juros cobrados sobre o valor pendente. Uma parcela maior do EMI é, assim, usada para pagar o principal do empréstimo nos anos posteriores.

Empréstimo pessoal versus empréstimo contra cartão de crédito </ strong>
Empréstimo de cartão de crédito é uma oferta que você pode ser capaz de aproveitar em seu cartão. Tal empréstimo é aplicável apenas a cartões específicos e você só pode se aproximar do emissor do seu cartão para obter um empréstimo. Quando se trata de um empréstimo pessoal, por outro lado, você pode se aproximar de qualquer credor. Além disso, ao contrário de um aplicativo de empréstimo pessoal, os empréstimos com cartão não exigem nenhuma documentação adicional.

Relatório de crédito e pontuação </ strong>

Como um empréstimo pessoal é um empréstimo não garantido, portanto, seu histórico de crédito geralmente desempenha um papel significativo no processo de aprovação. Equifax, Experian e CIBIL TransUnion são as três agências de informação de crédito que operam na Índia.

Todos os 3 têm tie-ups com os credores e fornecem seus serviços de classificação de crédito para ajudar os credores a avaliar os mutuários em perspectiva. A Experian India tem colaboração com o Union Bank of India, a Sundaram Finance, o Punjab National Bank, a Magna Finance, o Indian Bank, o Axis Bank e o Federal Bank para fornecer serviços de informação de crédito.

A Equifax Índia tem ligações com o Banco do Estado da Índia, o Union Bank of India, a Religare Finvest Limited, a Kotak Mahindra Prime Ltd e o Bank of Baroda.

A Credit Bureau (India) Ltd (CIBIL) é a primeira empresa de informações de crédito do país que, em colaboração com a TransUnion, é uma agência de relatórios de crédito reconhecida mundialmente.

Todos os três mantêm registros detalhados de seu histórico de crédito, incluindo histórico de pagamento de todas as suas faturas de cartão de crédito e quaisquer empréstimos atuais ou anteriores. Antes de aprovar o seu empréstimo, o credor em potencial verifica o seu histórico de pagamento.

Como ter uma pontuação de crédito mais alta é benéfica? </ strong>
Uma maior pontuação de crédito indica que você tem um bom histórico no que diz respeito aos empréstimos. Portanto, se sua pontuação de crédito é alta (mais de 750 no caso da CIBIL TransUnion), suas chances de obter um empréstimo são muito maiores. Além disso, você pode negociar benefícios como uma taxa de juros menor, um valor de empréstimo mais alto, isenção de encargos de processamento, etc., aproveitando sua alta pontuação de crédito.