Jovem Aprendiz 2017 IEP - Fortaleza

IEP está com inscrições abertas para seu Programa Jovem Aprendiz 2017.

A inauguração do Instituto de Educação Portal - IEP foi realizada no dia 01 de Dezembro de 2007, sua criação veio de voluntários da iniciativa privada mediante a realidade socioeconômica da região metropolitana no Estado do Ceará, acentuada pela carência de profissionais qualificados e uma crescente demanda existente da sociedade empresarial, em contrapartida ao cenário da região metropolitana apresentando indicadores sociais preocupantes entre os jovens, tais como: baixos níveis de escolaridade, consumo abusivo de drogas licitas e ilícitas, assombroso tráfico de drogas.

Em 2008 o IEP iniciou seu primeiro programa de qualificação profissional com 100 jovens de Horizonte e Pacajus, com os cursos de elétrica, mecânica, compras e estoque, qualidade e alimentador de linha de produção. As primeiras empresas que acreditaram em nosso projeto, tornando-se co-fundadoras foram: Jandaia, DCDN e Tetra Park. Tivemos como primeira empresa parceira além das co-fundadoras a Santana Têxtil, bem como efetivo apoio das Prefeituras de Horizonte e Pacajus.

Hoje o IEP atende mais de 2000 jovens gratuitamente por ano no que tange a qualificação profissional e inserção no mercado de trabalho e possui uma rede de aliados de mais de 100 parceiros. Promovemos a inclusão qualitativa para aprendizes e pessoas com deficiência – PCD, não obstante fomentamos o programa de estagiários e treinamentos, seleção e cursos em nível técnico reconhecidos pelo conselho de educação. Nesse contexto, formou-se uma rede do bem com objetivo de beneficiar a comunidade local que hoje compreende os municípios de Fortaleza, Pacajus, Horizonte, Itaitinga, Eusébio, Maracanaú, Aquiraz, Caucaia e São Gonçalo do Amarante, pertencentes à camada da população desfavorecida socialmente e economicamente.

O IEP utiliza como diferencial, em seu itinerário formativo, a aplicação da educação integral através da Tecnologia Social Espaços Mundos, a qual foi desenvolvida pelo IEP desde a sua formação, sendo hoje reconhecida pela Fundação Banco do Brasil e ONU. A referida tecnologia social consiste em um programa de conhecimento transversal a formação profissional, utiliza a arte e cultura para estimular educandos a atuarem como protagonistas e profissionais multiplicadores de transformações nos âmbitos: social, ambiental, educacional e cultural.


ATENÇÃO! Antes de Se Inscrever compartilhe essa oportunidade.

Atuamos com diversas linguagens: educação profissional, inserção no mercado de trabalho, geração de renda, arte, cultura, desenvolvimento de projetos sociais na comunidade, participação da família, comunidade e várias oportunidades educativas como resultado da metodologia de educação integral.

Em 2010 fomos agraciados pela Fundação Itaú Social com o Prêmio FIES - Fundo Itaú de Excelência Social na Categoria Educação para o Trabalho, tendo o trabalho reconhecido como um dos 20 melhores do país, na categoria. Em 2011 o IEP teve seu trabalho reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o Prêmio "ONU/Assembleia do Ceará – Eu curto essa cidade". Em 2013 fomos reconhecidos pela Fundação Banco do Brasil como Tecnologia Social através da Metodologia Espaços Mundos, também em 2013 fomos agraciados com as parcerias junto a Petrobrás e Infraero. No ano de 2014 o IEP foi contemplado com o Prêmio ODM, entregue em Maio desse ano pela Presidente da República Dilma Rousseff em Brasília como homenagem e reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo IEP com os Jovens.

Esclareça suas dúvidas e contrate os serviços do IEP para sua empresa através dos telefones (85) 3104-3302 / 98774-2913 / 99165-4209 / 99151-4587 ou escreva para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. Agende sua visita!

Requisitos do Jovem Aprendiz 2016 | 2017 IEP:

Jovens aprendiz da faixa etária : 18 a 22 anos

Ensino médio completo ou cursando a noite

Ter disponibilidade manhã e tarde.

Separamos outras Vagas para você:

canditatar  buscar


Lei da Aprendizagem

Nº 10.097/2000, ampliada pelo Decreto Federal nº 5.598/2005. Determina que todas as empresas de médio e grande porte contratem um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do seu quadro de funcionários cujas funções demandem formação profissional.

No âmbito da Lei da Aprendizagem, Jovem aprendiz é o jovem que estuda e trabalha, recebendo, ao mesmo tempo, formação na profissão para a qual está se capacitando. Deve cursar a escola regular (se ainda não concluiu o Ensino Médio) e estar matriculado e frequentando instituição de ensino técnico profissional conveniada com a empresa.

Como se inscrever no Jovem Aprendiz 2017

Cada empresa tem sua forma de inscrição. Clique aqui e digita o nome de sua cidade, ou empresa e veja vagas abertas próximo a você!